Natal de Todos movimenta economia do mercado informal em São Luís

Na contramão da crise econômica brasileira, o mercado de ambulantes na Praça Dom Pedro II e em seu entorno deslancham e já rendem índices positivos para o comércio informal. A área teve um boom com a instalação da Vila Encantada, evento que integra o Natal de Todos, promovido pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Sectur), em parceria com a Prefeitura de São Luís e apoio cultural da Companhia Energética do Maranhão (Cemar).

Com espetáculos natalinos e shows de artistas da terra e do cenário nacional, que acontecem durante todo o mês de dezembro, o grande público maranhense e de turistas são atraídos para o centro histórico de São Luís, gerando um aquecimento no setor.

Quem já colhe os bons frutos desta safra é Patrícia Machado, 28 anos, que está com uma barraca nas proximidades da Praça da Mãe d’Água e tem disparado nas vendas de água de coco gelado. “As pessoas ficam circulando muito aqui entre as praças, o que acaba deixando elas com sede. E aqui é um dos locais, que graças a Deus, elas escolheram para tomar a água de coco. Eu vendo bastante mesmo. Uma média de 40 por noite”, avalia.

Para Patrícia, a região que está tomada de gente possibilita a reposição dos produtos cada vez mais. “Eventos desse tamanho garantem um público que tem poder de compra. Estou muito feliz em ter essa renda extra para minha família”, celebra.

Atento a demanda do público, seu Pedro Alencar Cordeiro, de 52 anos, resolveu investir no mercado de balões e tem feito a festa da criançada que circula na Vila Encantada. “Eu vim na inauguração com a minha esposa para ver a grande festa e tive a sacada de trazer meus balões, no dia seguinte, para vender, já que existem muitos pais com seus filhos visitando as praças”, diz o vendedor, que afirma uma venda média de 40 balões por noite, quando circula em diversas ruas do Centro Histórico de São Luís.

Pedro Jessan, de 25 anos, também conseguiu uma barraca decorada no clima natalino e colocou à venda itens como água, refrigerante e cerveja. Os produtos vendidos na banca têm lhe rendido um complemento para a renda formal que tem com seu outro emprego. “Além de trazer oportunidade de lazer para o maranhense e turistas, a festa abre um mercado para que a gente possa conseguir um dinheiro a mais, complementando a renda fixa. Muito boa essa ideia que contribui com a população”, comenta.

Durante todo ano, a ambulante Ianca Cristina Ribeiro Ferreira, de 21 anos, instala seu carrinho nas proximidades da Igreja da Sé, no Centro. É dessa forma que ela ganha o pão de cada dia para ajudar sua família. Mas no período da Vila Encantada, o seu simples carrinho se transformou em uma barraca decorada e que imprime parte do espírito natalino. Segundo ela, a novidade tem atraído uma nova clientela. “Acho que essas inovações e a igualdade [padronizações] das barracas atraem mais pessoas para conhecer o que a gente tem a oferecer, além de passar mais credibilidade”, relata.

Ianca tem comemorado as vendas de água de coco que ultrapassam mais de 35 unidades por noite. A proletária informal ainda soma os lucros com a vendas de outros itens de hidratação, como refrigerante e água mineral.

A circulação de dinheiro para o mercado informal também pode ser notada e comemorada pela comerciante Cleonice Mendonça, de 44 anos. “Estou feliz demais por saber que não sou só eu que estou sendo ajudada com essa festa, mas muitos colegas que antes não enxergavam esperança nesse período de fim de ano, quando as coisas ficam mais mornas no Centro. A cada ano que passa fica melhor. É um governo comprometido com o cidadão”, arremata a vendedora, que tem a contribuição da Ana Vitória Mendonça Aguiar, para dar conta da demanda do público.

Fator do crescimento

O volume de vendas tem crescido na área devido a atratividade da programação realizada pelo Governo do Maranhão e Prefeitura de São Luís, que inclui a visitação da casa do Papai Noel, os shows com os bonecos de neve, além da solicitada apresentação do video mapping, espelhado na fachada do Palácio dos Leões, o balão encantado, a bola cenográfica, chuva de neve, shows culturais, atrações que vêm chamando muito a atenção na Vila Natalina.

Mais uma atratividade do Natal de Todos é o Expresso Natalino, que realiza suas viagens cultural e histórica. A jardineira sai da Praia Grande e segue até a praça dom Pedro II, sempre aos sábados e domingos, a partir das 18h, com um guia cultural a bordo. O passeio tem duração de 20 a 30 minutos, passando pela Praça Nauro Machado, Canto da Cultura, Casa do Maranhão, até chegar à Vila Encantada.

Contatos

contatos

(98) 3221-9617 – Portaria
(98) 3221-9550 – Assessoria de Comunicação

Links Úteis
Localização

localização

Open Google Maps Widget settings to configure the Google Maps API key. The map can't work without it. This is a Google's rule that all sites must follow.