Ciclo de Palestras “Os tambores de São Luís em debate” apresenta o caso da Baronesa de Grajaú

Continua nesta sexta-feira, 9, o ciclo de palestras “Os tambores de São Luís em debate” na Casa de Cultura José Montello, a partir das 15h, com a participação do advogado Alexandre Lago.

Com o título “O caso do crime da baronesa que tornou célebre o promotor Celso de Magalhães”, a conversa pretende aprofundar as discussões em torno de um dos momentos cruciais do judiciário maranhense: a acusação, julgamento e absolvição da baronesa de Grajaú, que assassinara um dos seus escravos, ainda criança.

O caso é retratado de forma magistral na obra-prima de Josué Montello.

O episódio ganhou imensa repercussão. Em primeiro lugar pela ousadia e ineditismo, afinal, era uma dama da alta sociedade vendo-se pela primeira vez à beira de uma condenação por atos praticados contra um escravo. Em segundo lugar, pelos efeitos na vida pessoal do promotor e acusador Celso de Magalhães, um drama muito bem retratado em Os tambores de São Luís. Uma vez derrotado, Magalhães seria mais tarde destituído da condição de promotor, vindo a falecer muito jovem provavelmente em função das perseguições de que fora alvo.

O ciclo de palestras faz parte da programação de lançamento da edição especial do livro Os Tambores de São Luís.

Próximos debates
Estão programadas ainda mais palestras. Para o dia 16 de agosto, “Fotografia como memória e reflexão sobre o patrimônio cultural presente em Os Tambores de São Luís”, com os membros do Fotoclube Poesia do Olhar – Márcio Melo e Márcio Neves. Já no dia 23 “Inspiração, criação e trajetória da obra Os Tambores de São Luis” com a Bibliotecária Wanda França – CCJM, e no dia 30 de agosto a palestra “Os Tambores de São Luís: caminhos de um roteiro cultural”, com a Professora Dra. Conceição Belfort – Curso de Turismo da UFMA.

Contatos

contatos

98 3227-9561
98 3235-2480
98 3235-8087
98 3268-2867

Links Úteis
Localização

localização