Inaugurações e atrações culturais marcam os 407 anos de São Luís

A capital do estado, São Luís, completa 407 anos no próximo domingo (08). Dona de uma rica tradição cultural, é justo e merecido que a nossa cidade receba de presente importantes equipamentos para a população.

O Governo do Estado do Maranhão, comprometido com a qualidade de vida do povo, preparou uma série de inaugurações que farão a diferença para o bem-estar e desenvolvimento da sociedade maranhense.

Parque do Rangedor

Já no sábado (07), dia no qual se comemora a Independência do Brasil, às 16h30, será inaugurado o Parque do Rangedor, um novo local de lazer, esporte e descanso para a população. O espaço foi planejado e estruturado de forma responsável, preservando toda a área verde em seu entorno.

Com 121 hectares de área, localizado no bairro Altos do Calhau, o parque é uma unidade de proteção integral de reposição de aquíferos. Situado no meio da cidade, garante o abastecimento de importantes lençóis freáticos, localizados no subsolo da ilha.

Para animar a inauguração do Parque do Rangedor, foi pensada uma programação especial, com várias atrações especiais, que agradará a todos os públicos. A partir das 16 horas, a criançada poderá se divertir com a apresentação de shows de personagens infantis. Além disso, será possível entreter a garotada com brinquedos infláveis e pula pula, pintura facial, apresentação de grupos de circo e da peça “Os Três Porquinhos”. No palco principal, teremos o cantor e compositor maranhense Guilherme Jr.

Centro de Iniciação ao Trabalho (CIT)

Na sexta-feira (06) pela manhã, será entregue à população do bairro Fé em Deus, o Centro de Iniciação ao Trabalho (CIT), espaço que promoverá cursos de capacitação e qualificação para profissionais. Este é um projeto do Plano de Urbanização do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) Rio Anil, que visa atender a população de baixa renda das comunidades da Liberdade, Camboa, Fé em Deus e Alemanha.

Os cursos oferecidos serão: corte costura; estamparias (motivos afros e da cultura popular); curso de pintura em azulejos; oficina de customização; oficina de miniatura de personagem da cultura popular (veludo e canutilho); oficina de designer de moda afro; oficina de Hip Hop; oficina de adereço de orixás; oficina de turbante; oficina de modelo fotográfico e passarela para juventude; curso de bordado Richelieu; cursos de pequenos reparos para construção civil (para mulheres) e o curso de inclusão digital para jovens.

Museu de Artes Visuais (MAV)

Também na sexta-feira (06), às 18 horas, será reaberto o Museu de Artes Visuais (MAV). Equipamento vinculado à Secretaria de Estado da Cultura (Secma), o MAV passou por diversas intervenções, e agora estará disponível novamente à população.

A exposição “Eco Art”, que reúne gravuras de Tomi Ohtake, Siron Franco entre outros artistas das américas que tratam da temática relacionada ao meio ambiente e desenvolvimento, será a primeira exposição temporária da reinauguração do MAV.

O MAV realiza, ainda, sua exposição de longa duração, formada por parte do acervo original com exemplares de pinturas, esculturas, gravuras, fotografias e desenhos. Estão presentes no conjunto de obras artistas locais, nacionais e internacionais como Dila, Jesus Santos, Flory Gama, Newton Sá, Tarsila do Amaral, Alfredo Volpi, Picasso, entre outros.

Contatos

contatos

98 3227-9561
98 3235-2480
98 3235-8087
98 3268-2867

Links Úteis
Localização

localização