Turismo de Aventura

Geografia privilegiada com chapadas, rios, cachoeiras, deserto e uma extensa costa litorânea faz do Maranhão um destino incomparável para quem procura aventura em cenários naturais, exclusivos e surpreendentes. Desde o trekking pelas dunas do Parque dos Lençóis Maranhenses, passando pela canyoning e rapel na Chapada das Mesas e o surf na pororoca do Rio Mearim, a natureza parece desafiar a curiosidade daqueles que gostam de um pouco mais de adrenalina.

 

Práticas Verticais: Rapel, Canionismo e Tirolesa

Chapada-das-Mesas1-e1441979036201

  • Carolina

Santuário Ecológico de Pedra Caída

A 35 Km de Carolina, fica o santuário ecológico de Pedra Caída, um complexo que possui três quedas d’água, sendo que a principal delas despenca de uma altura de 46 metros. A emoção maior é caminhar no interior de um majestoso cânion para apreciar e mergulhar no poço que se forma lá embaixo. O local oferece possibilidades de praticar diversas atividades de aventura, desde as mais leves às mais pesadas, como passeios em veículos traçados, caminhadas, rapel e tirolesa, lembrando que a de Pedra Caída é uma das mais altas e longas do país, atingindo 1.200 metros de comprimento e cerca de 200 metros de altura.

 

Trekking e Expedição Fotográfica

  • Barreirinhas e Santo Amaro do Maranhão

Trekking no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses

Atravessar o Parque Nacional dos Lençóis e enfrentar suas areias fofas, o sol e o calor, exige bastante preparo físico. Os percursos iniciam de madrugada para evitar a exposição ao sol mais quente, que começa por volta das 10h. Os roteiros variam e podem durar de 2 a 5 dias, dependendo do trajeto percorrido, e incluem paradas nos povoados do parque.

Podem começar por Atins, parando em Baixa Grande. O percurso direto leva seis horas de caminhada. Daqui, seguir até Queimada dos Britos, em cerca de 3h de caminhada e, de madrugada ou na manhã seguinte, partir rumo a Santo Amaro.

Todo o trajeto de travessia, desde Atins, é feito entre dunas que podem chegar até 40 metros de altura com suas curvas insinuantes e lagoas de águas cristalinas e transparentes e tonalidades que variam do azul ao verde.

A aventura, em um cenário tão raro e acompanhada da vivência nestes povoados, é uma experiência inigualável.

Expedições Fotográficas nas Dunas dos Pequenos Lençóis

Os Pequenos Lençóis correspondem a uma Área de Proteção Ambiental na zona de amortecimento do Parque Nacional. Entre os equipamentos imprescindíveis, quando se decide atravessar esse deserto, estão filmadoras e câmeras fotográficas. As paisagens são impressionantes e as imagens que serão captadas ali serão únicas.

 

  • Carolina e Riachão

carolina e riachão

No sudoeste do Maranhão, a Chapada das Mesas é sinônimo de aventura. A cidade de Carolina já foi palco de várias edições do Rally dos Sertões. Mas com suas cachoeiras, rios, trilhas e canions, a região oferece oportunidade para todo mundo se exercitar e entrar num harmonioso e emocionante contato com a natureza. As opções são diversas. Desde uma simples caminhada, passando por tirolesa e rapel. Mas a aventura maior mesmo é descobrir esse paraíso.

Trekking até Morro do Chapéu
O trekking até o Morro do Chapéu é uma subida de 365m em rocha arenítica e, portanto, exige preparo físico e habilidade dos praticantes. É o ponto mais alto da Chapada. Esse passeio é ainda mais interessante pelas lendas místicas que envolvem o Morro do Chapéu. Dizem que o Morro era o principal ponto dos ritos indígenas da região.

 

 Voo Motor

Lençóis-Maranhenses voo

  • Barreirinhas

Sobrevoar o Parque Nacional do Lençóis é uma oportunidade única para fazer registros e se emocionar. Primeiro, vê-se uma imensidão de areia. Os Lençóis começam a aparecer estendidos ao vento. As lagoas surgem com suas diferentes cores que variam do verde esmeralda a uma infinidade de azuis. Na época da seca o mar de areia, muitas vezes, assume tons dourados e rosados refletindo o pôr do sol. Sobrevoar os Lençóis é poder presenciar um ângulo raro de beleza e encantamento quando o nome do Parque faz todo o sentido. Os sobrevoos duram cerca de 30 minutos inesquecíveis e devem ser agendados previamente com as agências de receptivo.

 

Boiacross

boiacross-cardosa

Boia cross no Rio Cardosa

Com águas cristalinas e cercado por buritizais, o Rio Formiga, no povoado de Cardosa, próximo a Barreirinhas, é mais uma das atrações dos Lençóis.

Ideal para relaxar apenas tomando banho ou aproveitando para praticar o boia cross, uma descida divertida no rio lento, raso e cristalino. Dica de aventura leve, que garante uma hora de puro divertimento.

 

Surfe e Kitesurfe

kitesurfe

São Luís e São José de Ribamar

São Luís e sua vizinha São José de Ribamar são ótimos destinos para esportes aquáticos que necessitam do vento como o kitesurfe. O motivo? Venta muito!!!

Vale a pena passar uns dias velejando nas ondas nas praias do Meio, Araçagy e São Marcos.

Arari

Surf na Pororoca – Etapa do Campeonato Brasileiro de Surf na Pororoca

O grande volume de água do Rio Mearim, em Arari, preocupa os moradores ribeirinhos, mas faz a alegria de quem pratica o surf na pororoca, principalmente no primeiro semestre do ano que é a temporada das melhores ondas. Chegar até a pororoca do Rio Mearim inclui 20 minutos de trilha pela mata até o Curral da Igreja, ponto de concentração das embarcações, e mais 30 minutos de barco até encontrar o fenômeno de maré.

Como chegar: Arari fica a apenas 155 km da capital. Partindo de São Luís, de carro, pela BR 135 até Miranda e, em seguida, pela BR 222. Ônibus partem diariamente da rodoviária de São Luís com destino ao município, que fica à beira da rodovia.

Contatos

contatos

Telefones:

(98) 3218-9910
(98) 3221-9617
(98) 3221-9550

Links Úteis
Localização

localização

Click to open a larger map

Rua Portugal, 303 - Centro, São Luís - MA